Notícias

Deliciosos vinhos para serem degustados no verão

Niterói, 02/02/2017 09:34:46

Olá Caros Leitores, eis me aqui para continuarmos nosso relacionamento com essa nova paixão deste mundo fascinante que atravessa todas as gerações.  Então, vamos aproveitar e desfrutar um pouco do que nos foi dado: o Dom de saber viver e aproveitar o melhor desta Vida e assim nos traz a capacidade de escolhermos os caminhos a seguir.

Antes de começarmos gostaria de deixar uma frase de um grande poeta.

 “Tudo vale apena”.

“Se a alma não é pequena”. --- Fernando Pessoa.

Bem, hoje vamos falar de três vinhos. Para que dentre esses, vocês escolham pelo menos um!  São vinhos que escolhi  para que vocês se  deixem levar por esse  verão  maravilhoso desta  cidade  Maravilhosa. Pode ser na praia, na piscina ou na Quinta da Boa Vista num piquenique com a família.  É isso mesmo! Esta cidade nos proporciona uma diversidade de lugares maravilhosos para se degustar bons vinhos ao ar livre. Não é atoa que o nome já diz: Cidade Maravilhosa!  Não fiquem pensando que vinhos estão restritos aos restaurantes ou apenas em casa, se desapeguem! E, por falar em desapegar, desejaria muito que fosse quebrado um tabu onde muitos pensam que espumante na praia só no Ano Novo? Mas é claro que NÃO!

Só fazendo uma ressalva tanto, na praia como na piscina vocês tem que levar taças de acrílico para que se tenha um brinde Seguro. Vocês podem encontrar em várias lojinhas ou no mercadão de Madureira e de um Bom custo benefício, não vai doer no bolso de ninguém.  Então, vou começar com um vinho que todos nós Brasileiros conhecemos, porque ele nasceu aqui no Brasil em 1973, na Serra Gaúcha em Garibaldi. Hoje até muitos músicos fazem letras referente há este vinho.  Deixe me lembrar de uma delas?

-Climatizar: É muito Chandon, é tudo de Bom pra gente dez estressar.

Bem, como a letra já disse tudo! Estou falando do Chandon-Brut réserve. Tem um frescor muito agradável e uma "perlagem" intensa (que são as bolhinhas). O Chandon é elaborado com três tipos de uvas: a Chardonnay, Pinot-Noir e Riesling Itálico, revelando uma sutileza aromática lembrando frutas cítricas, maçã verde e um toque de abacaxi e os outros dois que também irei falar também revela esses aromas, mas, cada um com suas nuance-as, muitos se parecem mais, nunca são iguais.

Agora vamos falar de dois gajos... Viva Portugal!

O primeiro vem da região do Minho que fica no Norte de Portugal. Um vinho muito refrescante e de uma acidez bem intensa que faz com nossa boca salivar bem. Tudo isso devido à uva Alvarinho que é muito plantada nessa região e assim junto com outra casta chamada Trajadura é elaborado o Vinho Verde Monção Muralhas. Um vinho levemente frisante de início, quando abrimos a garrafa ele até espuma um pouquinho devido à característica dessas uvas que produz gás-carbônico na própria garrafa. Uma delícia!

 Já o segundo vem da região do Alentejo de uma vinícola que produz vinhos também maravilhosos e nos trouxe um vinho que é composto com as uvas Antão Vaz e Arinto.  Também tem uma acidez refrescante e agradável no paladar.  Fácil de beber!

Os três são vinhos fáceis de harmonizar, vão muito Bem com saladas de frutos do mar, petiscos como camarão no coco, brusquetas de polvo e até com frango assado bem suculento!

 O Melhor ainda está por vir. O preço $$$!

Hoje vocês encontram O Chandon-Brut por R$69,00 à R$80,00(nos supermercados pão de açúcar, zona-sul e lojas americanas) de vez em quando ainda rolam algumas promoções.



O Vinho Verde Monção Muralhas encontra nos supermercados Guanabara ou na Cadeg por R$39,00 a 46,00.



E o Anas Herdade do Sobroso também na Cadeg e no pão de açúcar de R$33,00 a 36,90.



São três excelentes opções para o dia-dia e para beber despretensiosamente e deixar o papo gostoso fluir...

 

 Entre Garfos e Taninos existe a Arte de Comer e Beber. Até a próxima!

Comentários